Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Documentos contábeis: Qual a importância deles para sua empresa?

    Para garantir o desenvolvimento da sua empresa, é necessário ter organização com as finanças e isso pode ser feito por meio do registro em documentos contábeis.

    Além disso, esses documentos podem ser utilizados para comprovar os movimentos financeiros e lançamentos aos órgãos regulatórios.

    A sua ausência desses documentos pode prejudicar a gestão financeira, fiscal e contábil do negócio, além de resultar na aplicação de multas, visto que alguns são obrigatórios a certos empreendimentos. Desta forma, hoje vamos falar sobre os principais documentos contábeis. Acompanhe!

    Quando utilizar os documentos contábeis?

    Os documentos contábeis são utilizados para o cálculo de obrigações principais e acessórias na rotina fiscal, dentre elas podemos citar o Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE), além de serem utilizados para o controle da saúde financeira da empresa. Por isso, esses documentos não podem conter erros ou rasuras e precisam ser arquivados.

    Para isso existem regras que garantam sua organização, como por exemplo, o registro de dados em ordem cronológica e a assinatura do titular da empresa, assim como o contador responsável.

    Quais são eles?

    Existem diversos documentos contábeis, mas vamos citar os principais e que são conhecidos por todos os empresários. São eles:

    Notas Fiscais: esses são documentos oficiais que demonstram o faturamento da empresa, por isso, as empresas devem fazer a emissão de notas fiscais quando houver a venda de produtos e serviços, caso contrário, pode ser penalizada pelo crime de sonegação fiscal. Esse procedimento foi facilitado com a implantação da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), que obedece aos padrões de escrituração fiscal.

    Documentos comprobatórios de despesas: na rotina das empresas está o pagamento de diversas despesas, como energia, internet, telefone, aluguel, conta de água, dentre outras. Então, esses pagamentos também devem ser apresentados para a contabilidade e lançados normalmente na escrituração contábil da sua empresa.

    Designed by @wichayada / Freepik
    Designed by @wichayada / Freepik

    Extratos bancários: os extratos das contas bancárias da empresa também são considerados documentos contábeis, visto que através deles são registradas as despesas e as receitas financeiras do negócio.

    Documentos trabalhistas: as informações sobre os funcionários da sua empresa e as movimentações na rotina do departamento pessoal, como por exemplo, a folha de pagamento ou os contratos de trabalho também devem ser informadas ao contador. Fazer a gestão dos documentos trabalhistas reduz o risco de ocorrência de eventuais reclamações trabalhistas.

    Guarda de documentos

    Os documentos contábeis devem ser enviados mensalmente para a contabilidade, além disso, o registro e guarda dos documentos contábeis devem ser feitos de acordo com a legislação, sendo estabelecidos diferentes prazos, mas destacamos que o período médio de guarda é de cinco anos.

    Porém, existem situações em que é necessário armazenar por dez anos, como os documentos trabalhistas e os documentos referentes ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) que devem ser guardados por 30 anos.

    Qual a importância desses documentos?

    O acompanhamento desses documentos pela sua contabilidade aumenta a garantia de cumprimento da legislação.

    Desta forma, o empresário evita sofrer sanções e prejuízos para o negócio, além disso, ajuda a ter domínio sobre a contabilidade do negócio e auxilia no gerenciamento da empresa e na tomada de decisões.

    Desta forma, os documentos contábeis se mostram bastante úteis para o acompanhamento de alguns dos indicadores, como a rentabilidade; índice de endividamento; percentuais de despesas, dentre outros.

    Por Samara Arruda

    Fonte: Rede Jornal Contábil.

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.