Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Empreendedor: Dicas de como aumentar a margem de lucro e reduzir custos de importação

    A retomada da economia após o período de pausa forçada devido ao novo Coronavírus é tomada de desafios.

    Para o empresário brasileiro, cercado de incertezas e inseguranças quanto ao mercado, reduzir os custos de importação é uma das principais maneiras de amenizar os efeitos da crise.

    Claus Malamud, ou Mr. China, especialista em importação com mais de quinze anos de experiência no mercado chinês, responsável por enviar ao Brasil pelo menos 1.500 contêineres lotados com mercadorias próprias e de clientes, ensina como driblar a crise e manter-se forte e competitivo no cenário do “novo normal”.

    1-Transporte

    Qual o melhor modal para utilizar em transações de importação? Nesse tipo de operação, a definição do meio de transporte é uma das decisões mais importantes a ser levada em conta. A relação custo-benefício, tempo de entrega, riscos e valores do seguro são pontos a serem observado.

    Segundo Mr. China, o transporte marítimo é a bola da vez. “O transporte marítimo pode ser um pouco mais demorado, mas hoje está muito barato. O preço do frete nesse tipo de modal reduziu bastante”, explica.

    2-Negociar o preço final do produto

    Quanto melhor for a negociação do valor das mercadorias junto ao fornecedor internacional, menor será o custo final de importação. Isso acontece não somente pela redução do valor de cada unidade, mas também por ser possível pagar menos imposto por produto que entra no País.

    “Sempre pergunte ao fornecedor qual será o preço final do produto de acordo com a quantidade comprada.

    Por exemplo, fazer um orçamento para mil, cinco mil ou dez mil peças e ver por quanto o produto sai em casa faixa de preço.

    Essa negociação é importante pois, às vezes, conseguimos viabilizar melhores valores em cima de uma compra maior’, comenta Malamud.

    3- Armazenamento da mercadoria durante a viagem

    “Verificar qual o tipo de embalagem e a forma como o produto será acondicionado faz toda a diferença. Dependendo da forma como a mercadoria é guardada, você pode perder espaço e assim aumentar seus custos, pois serão necessários mais contêineres”.

    Espaço é dinheiro, e segundo Malamud, pequenos detalhes como esse fazem a diferença no valor final pago.

    Por Claus Malamud, mais conhecido como “Mr. China” é  proprietário da Mr China Imports 

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.