Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Enchentes no Rio Grande do Sul afetam distribuição de nota fiscal e Certificado de Transporte a contribuintes de 15 estados

    Enchentes no Rio Grande do Sul afetam distribuição de nota fiscal e Certificado de Transporte a contribuintes de 15 estados
    Enchentes no Rio Grande do Sul afetam distribuição de nota fiscal e Certificado de Transporte a contribuintes de 15 estados
    As enchentes no Rio Grande do Sul, que já atingiram quase 1,5 milhão de pessoas no estado, também afetaram vários serviços públicos realizados por meio virtual. Um deles é a distribuição e disponibilização para consulta de Notas Fiscais (NF-e) e Certificado de Transporte (CT-e) eletrônicos. A secretaria de Fazenda do Rio Grande do Sul emitiu uma nota, nesta quinta-feira (9), informando que todas as NF-e CT-e, autorizadas pela Sefaz Virtual do RS, não estão sendo compartilhadas com o Ambiente Nacional da Receita Federal/Serpro. Enchentes no Rio Grande do Sul afetam distribuição de nota fiscal e Certificado de Transporte a contribuintes de 15 estados Ainda segundo o órgão do governo gaúcho, o problema começou às 16h da segunda-feira (6). No momento em que esta nota foi redigida, o problema está impactando diretamente contribuintes de 15 estados do país. São eles: AC, AL, AP, CE, DF, ES, PA, PB, PI, RJ, RO, RR, SC, SE e TO. “Consequentemente, todos os CT-e e as NF-es desses estados não estão sendo distribuídos para os destinatários por meio do web service de distribuição (Nota Técnica 2014.002 – e Nota Técnica 2015.002) e não estão disponíveis para consulta nos sites do Portal Nacional da NF-e (www.nfe.fazenda.gov.br) e no Portal Nacional do CT-e (www.cte.fazenda.gov.br)”, diz um trecho da nota. As atualizações de regularização dos serviços que forem ocorrendo serão informadas nesses mesmos dois sites acima, aos quais os contribuintes devem se direcionar.   Fonte: Comsefaz

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.


      
      Iniciar conversa
      1
      Podemos ajudar?
      Olá!
      Podemos ajudar?