Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    FGTS vai beneficiar um número impressionante de trabalhadores

    O auxílio emergencial oferecido pelo governo federal irá agora abranger uma nova categoria, pessoas que possuem contas nativas e inativas no FGTS. Elas poderão ter direito ao saque-imediato.

    Será destinado até um salário mínimo R$ 1.045 para os trabalhadores com contas nativas ou inativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), independente do número de contas que possuir no fundo.

    Serão liberados R$ 16 bilhões para 45,5 milhões de pessoas com até cinco salários mínimos de saldo no FGTS. No total, serão beneficiados 60,2 milhões de trabalhadores, foi o que informou a Caixa.

    De acordo com o calendário, o público com menor renda receberá o valor de 15 de junho até 31 de dezembro de 2020. Lembrando que se não acontecer o saque até o final do ano, o valor voltará para a conta do fundo.

    Sendo que 30,7 milhões de trabalhadores poderão sacar todo o saldo da conta do FGTS. O que elevará para 66 milhões o número de brasileiros que irão zerar as contas do fundo desde setembro de 2019.

    O governo também anunciou que as cotas do fundo PIS/Pasep, não existirá mais. Lembrando: o abono salarial continuará existindo e fazendo o pagamento normalmente de acordo com o calendário. Segundo a MP, o patrimônio acumulado nas contas individuais dos participantes do fundo ficam preservados.

    O valor ficará disponível até 31 de dezembro deste ano. Só poderá sacar o correspondente a um salário mínimo por trabalhador no novo saque imediato do FGTS, mesmo que a pessoa possua mais de uma conta, deverá obedecer o limite.

    Para quem tem mais de uma conta no FGTS, deverá ficar atento a alguns detalhes a ser seguidos conforme definida pela Medida Provisória. Primeiro será disponibilizado os saques de contas relativas a contratos de trabalho extintos, iniciando pela conta que tiver o menor saldo.

    Para quem tem conta na Caixa, será permitido o crédito automático desde que o trabalhador concorde.

    Também o recebimento poderá ser realizado através do crédito em conta bancária de qualquer instituição financeira, que deverá ser indicada pelo trabalhador, desde que ele seja o titular da conta.

    Fonte: Jornal Contábil .

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.