Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Fique por dentro das novas regras de transição para aposentadoria por idade

    Fique por dentro das novas regras de transição para aposentadoria por idade

    A aposentadoria por idade é um benéfico concedido pelo INSS para proteger o assegurado quando ele atingir uma idade considerada como risco social. Recentemente houve uma reforma na previdência e com ela começaram a valer novas regras de transição. Mas o que seria regras de transição para aposentadoria pode idade?

    Regra de transição por idade: Essa regra de transição se encaixa para aqueles que têm uma idade avançada, e que têm menos tempo de contribuição. Sendo assim o assegurado terá que alcançar 60 anos de idade, mulheres, e 65 anos, no caso de homens, com tempo mínimo de contribuição de 15 anos. Conclui-se então que o tempo efetivo para contribuição será de 15 anos para ambos os sexos, sendo a idade mínima para homens 65 anos e para mulheres 60 anos, acrescentando 6 meses a cada ano sendo assim atingirá 62 anos de idade que ocorrerá em 2023.

    Se aposentar por idade tem por objetivo garantir ao segurado a sua proteção previdenciária e de sua família durante esse período de vida em que a pessoa adquire uma idade mais avançada e consequentemente não apresenta a mesma saúde e o mesmo vigor para trabalho que possuía antes. Lembrando que todos os trabalhadores tem esse direito, porém, só poderá ser adquirida se estiver cumprido os requisitos de idade. Vale ressaltar que a regra antiga o assegurado tinha que comprovar 180 meses de carência e ter 65 anos de idade, se homem, e 60 de idade, se mulher. Entretanto na data da reforma, muitos assegurados estavam próximos de se aposentar, ficando os mesmos submetidos à regra de transição.

    Vejamos um exemplo:

    Dona Josefa tem 15 anos de contribuição e completará 60 anos de idade em 10/06/2020. Dona Josefa procura pelo seu advogado para entender melhor sobre sua aposentadoria e se poderá requerer seu benefício após completar 60 anos. O que dona Josefa não sabe é que, ela já se encaixa na regra de transição, de acordo com a explicação acima dona Josefa terá que aguardar mais 6 meses para requerer o benefício, sendo assim dona Josefa poderá se aposentar 10/12/2020 com 60 anos e meio.

    João tem 14 anos de contribuição e 63 anos de idade em 20/03/2020. Falta 1 (um) ano para o segurado atingir o tempo necessário de contribuição, porém faltam 2 (dois) anos para atingir a idade. Assim, João completará os dois requisitos (idade e contribuição) somente no ano de 2022.

    Ressaltando que de acordo com o art.19 da emenda constitucional n.103/2019 alterou o tempo de contribuição para 20 anos, do homem, sendo assim, homens que se juntar ao Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou seja, o assegurado que se filiar  após a reforma deverá comprovar 20 anos de período mínimo para fins de aposentadoria por idade.

    o em Jornal Contábil.

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.


      
      Iniciar conversa
      1
      Podemos ajudar?
      Olá!
      Podemos ajudar?