Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Indústria registra maior ocupação de máquinas dos últimos cinco anos em setembro

    Os Indicadores Industriais apontam que a Utilização da Capacidade Instalada está em 79%, o que não ocorria desde junho de 2015. Dado significa que a produção está a todo vapor e se recuperando da ociosidade do início do ano

    Os Indicadores Industriais, da Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostram que a atividade industrial de setembro foi excepcionalmente forte. As horas trabalhadas na produção subiram pelo quinto mês consecutivo e a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) chegou a 79,4%. A UCI mede o quanto os equipamentos e os trabalhadores das empresas estão ocupados na produção em relação ao máximo do que pode ser produzido por um longo período sem dificuldades. A pesquisa é feita em parceria com 12 federações  estaduais das indústrias. Os estados pesquisados respondem por mais de 90% do produto industrial brasileiro. De acordo com a pesquisa, o faturamento aumentou 5,2% em setembro e, após cinco altas consecutivas, é o maior desde outubro de 2015. Ele também supera o registrado em setembro de 2019 em 12,6%. Apesar da grande variação na análise mensal, o faturamento ainda é negativo na comparação do acumulado de janeiro a setembro. E registra queda de 1,9% no acumulado do ano.
    Segundo ele, a indústria conseguiu se recuperar, mas ainda tem alguns problemas nas cadeias produtivas, por falta de insumos, e enfrenta dificuldades como o alto custo de energia, devido aos encargos sobre a conta de luz, e um alto custo tributário pela complexidade do sistema tributário nacional . “O grande desafio é voltar a agenda de competitividade, principalmente a da reforma tributária, para que o Brasil tenha realmente uma indústria competitiva e volte a crescer mais de 2% ao ano, para o bem de sua população”, diz Renato da Fonseca. Veja os detalhes dos Indicadores Industriais Por Adriana Nicacio / Agência CNI de Notícias

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.