Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    INSS: Mudança na tabela de alíquota com a reforma da previdência

    Hoje vamos dar uma pausa nas notícias sobre os assuntos relacionados ao Covid-19. Nesse artigo, quero te lembrar sobre uma alteração importante que foi implementada com a reforma da previdência. O assunto agora é o INSS 2020 e as novas alíquotas do seguro social neste ano.

    É certo que a crise com a pandemia é um ponto muito importante, porém, não podemos esquecer dos outros assuntos, não é mesmo? Por isso, contador, leia com atenção esse artigo e veja como estas mudanças vão impactar o seu dia a dia. 

    O cálculo do INSS 2020 é progressivo

    Antes de falarmos do cálculo propriamente dito, é importante você saber algumas informações. As novas alíquotas foram definidas por meio da Portaria 194/2020, que atualizou a tabela de contribuição. 

    Isso foi necessário por causa do aumento do salário mínimo que passou de R$1039,00 para R$1045,00 e outras mudanças vindas da reforma da previdência.

    Veja como ficou os novos valores. 

    • 01 Salário mínimo — 7,5%
    • Entre R$1.045,01 e R$ 2.089,60  — 9%
    • De R$ 2.089,61 a R$ 3.134,40 — 12%
    • Entre 3.134,41 e R$ 6.101,06 — 14%

    Agora vamos aos cálculos

    A principal mudança veio da com a reforma da previdência e o objetivo é tentar deixar o processo mais justo. Agora, quem ganha menos contribui com menos e os valores vão subindo progressivamente.

    Ou seja, o valor cobrado será calculado sobre a parcela do salário que se enquadrar em cada faixa. Sendo assim, o percentual efetivo descontado do total recebido será diferente.

    Vamos a um exemplo:

    Vamos imaginar que Marcos é funcionário de uma gráfica e ganha R$1700,00 mensais. Neste caso, ao fazer o cálculo do quanto deve ser descontado do salário de Marcos referente ao INSS, o contador irá calcular 7,5% sobre R$1045,00 (78,38) e 9% sobre os 655 restantes (R$58,95).

    Sendo assim, o desconto total do salário de marcos será de R$ 137,33, o que corresponde a 8,08%.Se o valor não fosse progressivo, a alíquota incidente ao salário de Marcos seria de 9%

    Veja abaixo a tabela feita segundo dados do Instituto Brasileiro de Direito Previdenciário

    Qual o impacto desta mudança para a contabilidade?

    Bom, essa parece uma pergunta retórica, certo? É claro que com tantas variações de cálculo o trabalho fica ainda mais completo e exige ainda mais atenção. Por isso, contar com uma solução contábil que consiga fazer estes cálculos e te entregar as informações prontas é fundamental. 

     

    Com informações Mastermaq

     

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.


      

      Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0