Fale Conosco
  • phone
    (11) 98265-3769
  • (11) 2721-9423
  • location_on

    Rua Ângelo Santesso, 16 / Jardim Itamarati - CEP: 03931-040 São Paulo - SP

Deixe sua Mensagem

    Vamos elevar seus negócios ao próximo nível?

    

    Trabalhadores deixaram de resgatar R$ 12 milhões do saque FGTS emergencial

    O FGTS emergencial de R$ 1.045 foi liberado no ano passado para amenizar o impacto do novo coronavírus na economia. Porém, a Caixa Econômica Federal informou que registrou o retorno de R$ 12 bilhões para as contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço(FGTS).

    Na verdade o que aconteceu foi que os recursos no valor de R$ 1.045 não foram movimentados nas contas poupanças sociais digitais dos beneficiários. Cerca de 19 milhões de trabalhadores preferiram não utilizar esses recursos e tiveram os valores devolvidos às suas contas vinculadas ao FGTS, com correção.

    A liberação do Saque Emergencial FGTS começou em junho de 2020, com base na Medida Provisória 946/20, que estabeleceu o valor de até R$ 1.045 por trabalhador, considerando a soma dos saldos de todas as contas ativas ou inativas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O banco disponibilizou, R$ 36,5 bilhões em valores creditados.

    400 mil trabalhadores fizeram o pedido formal de desfazimento de créditos automáticos, o que totalizou R$ 300 milhões que também retornaram para o FGTS por esse motivo.

    Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – Jornalista do Jornal Contábil

    Marcadores:

    Não perca mais nenhum post!

    Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.